FANDOM


Informação do Episodio
[[File:SpongeHenge|300px]]
Geral
Temporada №: 5
Episodio №: 194
Estreia: 23 de Novembro de 2007
Episodio(s) Irmão(s): As Duas Caras do Lula Molusco
Creditos
Diretor(es): Derek Drymon
Diretor(es) de Storyboard: Casey Alexander, Zeus Cervas
Diretor(es) de Animação: Andrew Overtoom
Diretor(es) Criativo(s) Vicent Waller
Cronologia
Lista dos episodios

"Monumento de Esponja" é um episódio da 5ª da série Bob Esponja Calça Quadrada. Neste episodio, {{{sumário}}}

Monumento de Esponja é um dos episódios de Bob Esponja, da quinta temporada. Neste episódio, as águas-vivas começam a seguir Bob Esponja depois que os buracos dele começam a assobiar com o forte vento da Fenda do Bikini.

Sinopse

O episódio começa com um casal de peixes saindo de um restaurante à noite; Na porta do restaurante, notam a forte ventania da Fenda do Bikini e comentam sobre uma suposta ira de Netuno que está causando esse vento forte; Distraído, o marido deixa um saco de comida que estava em sua mão sair voando com o vento; Após notar essa perda, grita e se lamenta no chão; A comida incrivelmente voa para longe do centro da cidade e vai até a casa de Bob Esponja, que sem querer esqueceu a janela aberta enquanto dormia; A comida cai em cima de Bob, e ele acorda assustado; Após provar a comida, percebe que um pouco de Canja caiu em seu rosto, e rapidamente fica do lado de fora da janela perguntando se alguém havia perdido aquilo. Após notar a tranquilidade, desiste de perguntar sobre a Canja e pula no chão; De repente, Bob nota barulhos estranhos saindo de seu corpo, e percebe que seus buracos fazem sons e assobios com o vento. De repente uma água-viva nota o doce som de Bob Esponja e fica fazendo voltas ao redor dele rapidamente, fazendo cócegas nele; De repente a lua avisa à Bob que ela precisa ir embora por um tempo, e instantaneamente o sol aparece dizendo que já era hora de trabalhar. Bob vai em direção ao Siri Cascudo, porém com muita dificuldade por causa dos ventos cada vez mais fortes; Então a mesma água-viva, porém com muitas outras, começam a fazer cócegas em Bob, e para não ser levado pelo vento, se agarra em duas pedras; As águas-vivas fazem mais cócegas na esponja, e ele acaba soltando as pedras, voando com o vento em direção à sua casa. Bob tenta usar suas cuecas como um estilingue para forçá-lo a sair contra o vento, porém as águas-vivas fazem uma barricada e fazem ele voltar para casa, e acidentalmente fechar as portas junto às mãos; Bob tira as suas mãos da porta, e se assusta quando percebe que está tudo inchado por causa da batida da porta. Mesmo assim, ele tenta ligar para o Siri Cascudo, porém seus dedos estavam inchados demais para apertar uma tecla no telefone. Então ele liga utilizando o nariz de um jeito pertubador, e então do outro lado da linha, Seu Sirigueijo atende o telefone e após notar Bob Esponja do outro lado da linha, pergunta qual o motivo de tanta demora; Após ouvir a explicação de Bob, tem a ideia de "pescá-lo" utilizando uma vara de pescar que ganhou de seus pais; Então, após várias sessões hilárias de pescaria, Seu Sirigueijo consegue pescar Bob, porém ele aparece em um estado horrível, completamente banguela, calos em todo o corpo e com um braço caído no chão. Após entrar na cozinha do Siri Cascudo, outra janela se abre com a ventania, e os hambúrgueres que estavam na grelha vão para as paredes da cozinha. Então Bob Esponja têm uma ideia; Monta os hambúrgueres com a ajuda do vento, deixando tudo voar para as paredes da cozinha, e obtêm um resultado satisfatório; Mas a força do vento era tão forte que o fez assobiar pelos buracos de novo e sendo ouvido por um enxame de águas-vivas através da chaminé do Siri Cascudo. Então, as águas-vivas entram dentro do estabelecimento, mas antes que pudessem pegar Bob, o Siri Cascudo sai voando e ele também voa, porém em direção à casa de Patrick Estrela. Ao entrar dentro da casa dele, Patrick joga um sorvete em direção à tela da televisão, ao ver um noticiário. Bob explica à Patrick sobre os buracos assobiadores, mas antes de terminar, a rocha se abre e Bob começa a assobiar novamente, resultando no aparecimento das águas-vivas em sua casa; De repente uma das águas-vivas vai em direção à Patrick, e ao tentar cumprimentá-la, recebe um choque; Patrick fica com bastante raiva de Bob Esponja, e, furioso, o manda para bem longe da casa dele dizendo que "virou uma má influência pra mim". Então o vento pára, e, furiosas, as águas-vivas dão um choque elétrico violento em Bob, o fazendo correr para uma caverna escura nos campos de águas-vivas. Na caverna, o vento começa novamente, e Bob, com muito medo das águas-vivas, decide esperar o vento parar enquanto esculpe uma cópia dele mesmo na caverna; Após quase três meses, Bob têm mudanças incríveis em sua aparência: Suas calças são todas rasgadas, o cabelo castanho lembra um aventureiro de filmes e está bem mais inteligente e um pouco paranormal. Ele finalmente esculpe sua cópia de pedra na caverna, e então passar a ser o seu melhor amigo, apesar de não falar, Bob tem delírios que ele realmente fala. Após um hilário café com sua escultura, ele suspira de cansaço e o seu ar entra para dentro dos buracos do mármore e faz sons estranhos. Então decide levá-lo para fora para atrair as águas-vivas, enquanto ele se esconde em uma pedra observando a situação. O seu "amigo" fazia sons horríveis, enquanto ele fazia tudo perfeitamente. Após notarem o suborno, dão um choque em Bob Esponja e ele volta para a caverna. Bob pensa em um jeito de multiplicar a quantidade de buracos de um jeito que acalme as águas-vivas ao invés de deixá-las com raiva. Bob então decide fazer esculturas gigantes dele mesmo, cada um com um número de buracos diferente. Então após alguns minutos de expectativas, o plano dá certo e as águas-vivas deixam Bob em paz. Então ele decide ir á Fenda do Bikini em direção ao Siri Cascudo, mas quando ele chega lá, nota o estabelecimento soterrado e vazio, e olhando ao redor, descobre que a vida marinha havia praticamente se esgotado com os fortes ventos. Então, Bob começa à chorar e se lamentar em frente ao Siri Cascudo vazio, onde fica antes de um avanço de 3000 anos no desenho, onde criaturas de outro mundo observam o trabalho de Bob Esponja para distrair as águas-vivas e fazem uma breve descrição sobre o que eles sabem sobre estes monumentos. O episódio termina com o vento forte e o som das estátuas atraindo as águas vivas, indo a câmera mais rapidamente para dentro de uma das esculturas de Bob, seguido de sua famosa risada.

Enredo

Curiosidades e Erros

  • O título original do episódio é SpongeHenge. Henge em Norueguês quer dizer "Pendurado";
  • Quando as águas-vivas notam o som horrível da escultura de Bob Esponja, elas dão língua para ele; Primeiramente, águas-vivas não têm boca, e essa é a primeira vez que uma boca é vista em uma água-viva; Além disso, o som da língua tremendo não pode ser ouvido;
  • Antes da Canja cair na cama de Bob, é possível notar uma terceira janela no lado de fora da casa dele; Talvez esse erro seja de propósito, pois seria impossível acertá-lo do lado esquerdo sem essa janela;
  • Antes das águas-vivas pegarem Bob Esponja no trabalho, o Siri Cascudo voa para algum lugar; Quando ele volta para o Siri Cascudo, ele continua no mesmo lugar, porém soterrado com a ventania; Somente foi possível saber sobre o erro por causa do chão do Siri Cascudo, que continua verde, pois, quando ele voa, o chão permanece na via.
  • Bob já foi à essa mesma caverna no episódio Com Calças Naturais. Porém, não se sabe como ele não foi atacado por algum bicho novamente.
  • Ainda na caverna, se observarmos bem a parte de cima ao fundo quando uma aranha passa por ali, é possível ser que as pontas de mármores e as formas arrendondadas dos lados da caverna lembram o interior de uma boca humana;
  • Com um pouco de atenção, é possível ver que Bob Esponja foi o único sobrevivente durante toda a ventania; Por que sempre que é mostrado alguma visão do futuro na série, o cenário era todo cromado e futurista; No episódio, ao invés de peixes, vemos seres de outros planetas visitando os campos de águas-vivas, o que comprova a extinção da vida na água;

Referências Culturais

  • É considerado pela grande maioria dos fãs, um dos piores episódios da série;
  • Existe uma creepypasta baseada no episódio, em que Bob morre no final com a ventania.